Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia é reativado

nota_conselho_nacional_ct

O ano está recheado de novidades ruins como a fusão do antigo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação com o Ministério das Telecomunicações; os cortes e contingenciamentos de verbas; o rebaixamento de instituições como o CNPq para o quarto escalão – respondendo agora a um diretor abaixo do subsecretário da pasta. Essas e outras medidas provocaram protestos de entidades científicas: SBPC, ABC, Sociedade Brasileira de Física e afins, sem muito efeito, na verdade. Mas agora, finalmente, duas boas novas.

Primeiro, foi anunciada a liberação de verbas para os Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia, os INCTs. Um montante de R$ 328 milhões devem ser aportados pelo governo federal e valor igual pelas fundações estaduais de amparo à pesquisa, totalizando R$ 654 milhões para serem divididos entre 101 projetos. A última parcela referente aos projetos do Edital Universal de 2014, no valor de R$ 68 milhões de reais, também está garantida. As verbas para os projetos aprovados no Edital Universal deste ano, no entanto, ainda não foram liberadas.

Além disso, após quatro anos sem se reunir, o Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia, o CCT, deve ser reativado. A função do órgão é assessorar a Presidência da República em temas relativos à Ciência e Tecnologia. Os integrantes já foram nomeados tanto pelas entidades científicas quanto por entidades produtoras e usuárias de ciências. A presidente da SBPC, Helena Nader, o presidente da ABC, Luiz Davidovich, e a vice-presidente da Andifes e reitora da UFRN, Angela Maria Paiva Cruz, estão entre os novos conselheiros. Do lado das entidades produtoras e consumidoras, há apenas uma mulher nomeada: a cientista política Elisa Maria da Conceição Pereira Reis. Ela é também um dos poucos representantes que não são da área de Engenharia.

Confira a relação completa:

Representantes de entidades de caráter nacional representativas dos setores de ensino, pesquisa, ciência e tecnologia

Titulares: Luiz Davidovich (ABC), Helena Bonciani Nader (SBPC), Angela Maria Paiva Cruz (Associação Nacional de Dirigentes Das Instituições Federais de Ensino Superior), Francilene Procópio Garcia (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Ciência e Tecnologia), André Gomyde Porto (Fórum Nacional de Secretários Municipais da Área de Ciência, Tecnologia e Inovação) e Sérgio Luiz Gargioni (Conselho Nacional das Fundações de Amparo Pesquisa).

Suplentes: João Fernando Gomes de Oliveira (ABC), Ildeu de Castro Moreira (SBPC), Emmanuel Zagury Tourinho (Andifes), João Carlos Gomes (Consecti), Marcos Alberto Martinelli (Fórum) e Maria Zaira Turchi (Confap).

Representantes de produtores e usuários de ciência e tecnologia

Titulares: Robson Braga de Andrade, Pedro Wongtschowski, Laércio Cosentino, Paulo César de Souza e Silva, Jacob Palis Júnior, José Roberto Boisson de Marca, Rubens Belfort Júnior e Elisa Maria da Conceição Pereira Reis

Suplentes: Glauco José Côrte, David Feffer, Décio da Silva, João Moreira Salles, Adalberto Luis Val, Fernando Galembeck, João Batista Calixto e Manoel Barral Netto.

Produção de Roberto Takata e locução de Paula Penedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *