#64 Oxilab: Melhoramento participativo

As plantas que possuem interesse agronômico, principalmente aquelas que servem de alimento, são o foco de pesquisa de muitos melhoristas vegetais. Eles procuram melhorar a produtividade da planta, seu aspecto, seu valor nutricional e quaisquer outras características que possam contribuir para um melhor produto final. Na linha de produção de alimento o agricultor exerce um papel de destaque. É ele o responsável pelo cultivo das … Continuar lendo #64 Oxilab: Melhoramento participativo

Oxidoc: Dados em jogo

Em 28 de setembro de 2018, dia em que o roteiro deste Oxidoc começou a ser escrito, os jornais anunciavam que um ataque hacker teria atingido 50 milhões de usuários do Facebook. Boa parte dessas pessoas ficou apavorada ao saber que seus dados pessoais e suas conversas privadas estavam em risco. Mas esse foi apenas um dos tantos sinais que há tempos nos indicam: nas … Continuar lendo Oxidoc: Dados em jogo

#63 Bastos Tigre: O Quase Moderno

  #63 Bastos Tigre, o quase moderno  Hoje praticamente esquecido, Manuel Bastos Tigre (1882-1957) não foi só um dos pioneiros da publicidade no Brasil, foi uma das suas primeiras estrelas. O escritor pernambucano foi responsável pela criação de slogans que se tornaram famosos no mundo todo como “Se é Bayer é bom” – campanha traduzida para várias línguas e ainda hoje utilizada pela fabricante alemã … Continuar lendo #63 Bastos Tigre: O Quase Moderno

#62 Álcool e Adolescentes

Apesar da venda e distribuição de álcool para menores de 18 anos ser ilegal no Brasil, o álcool é a droga de abuso mais usada por adolescentes. Isso traz uma série de riscos para esses adolescentes, o que leva os pais e professores a tentar prevenir esse tipo de comportamento. E com isso surgem várias perguntas sobre qual é a melhor estratégia para reduzir o … Continuar lendo #62 Álcool e Adolescentes

#61 Oxilab: Dormindo na rede

 Redes sociais são um novo fenômeno que redesenhou completamente o mundo humano. Enquanto isso, redes de interações ecológicas — que acabam funcionando de maneira parecida, em alguns aspectos — são estudadas desde o Século XIX, e mesmo antes de serem estudadas já estavam ocorrendo na natureza, modelando o nosso mundo e até a nossa própria evolução.  Nesta conversa com o professor Mathias Pires, do Instituto de Biologia … Continuar lendo #61 Oxilab: Dormindo na rede

#60 Temático: Serviços Ecossistêmicos

A princípio pode parecer estranho, mas a natureza nos presta vários serviços. A polinização das plantas cultivadas, a proteção das nossas reservas de água e várias outras coisas que são essenciais para nossa qualidade de vida. Mas o desmatamento e as mudanças climáticas podem colocar em risco esses ecossistemas e, por consequência, os serviços que eles nos prestam. Nesta edição do Oxigênio conversamos com Alexandre … Continuar lendo #60 Temático: Serviços Ecossistêmicos

#59 Oxilab: Canções Escravas

  Antes mesmo da invenção do disco e do rádio, a indústria musical já prosperava com a venda de partituras para pianos. No final do século XIX, a sociedade abastada do Rio de Janeiro mostrava seu enriquecimento comprando pianos e um de seus maiores passatempos eram os bailes e os saraus feitos em casa. Foi a partir da comercialização das partituras de música que os … Continuar lendo #59 Oxilab: Canções Escravas

Oxidoc: Estranha célula das entranhas

Um dia, a antropóloga Daniela Manica, hoje pesquisadora do Labjor/Unicamp, andava por São Paulo quando viu a seguinte frase pichada num muro: “Mulheres são estranhas, sangram pelas entranhas”. Naquela época, ela já pesquisava as relações entre cultura e natureza, gênero e medicina, fluidos corporais e tecnociência. E para ela, aquela frase no muro representava duas ideias: o estranhamento em relação ao corpo das mulheres, e … Continuar lendo Oxidoc: Estranha célula das entranhas

#58 Temático: Seria esse o fim?

Bolsas de pesquisa em risco de serem cortadas. Universidades e institutos de pesquisa com as contas no vermelho. Problemas estruturais nos prédios de instituições públicas de pesquisa. Mais recentemente (depois da gravação do programa), o museu mais antigo do país foi engolido por descaso e chamas. O Brasil passa por uma das piores crises da nossa história política e econômica recente. No Temático #58, tratamos … Continuar lendo #58 Temático: Seria esse o fim?

#57 Temático: Morrendo pela boca

Pense na sua comida favorita. Provavelmente ela está contaminada. Traços de agrotóxicos estão presentes em frutas, verduras, carnes, leite, bebidas e em produtos industrializados. De acordo com um estudo da Embrapa, o consumo anual de agrotóxicos no Brasil é estimado em 300 mil toneladas. E isso não é de agora, nos últimos quarenta anos o consumo desses químicos cresceu 700 por cento no país. Apesar … Continuar lendo #57 Temático: Morrendo pela boca