Campanha quer mais homenageadas entre nomes de ruas

Nota Nomes de Ruas em SP

Quanta história está registrada nas placas de ruas, não é verdade? Apesar de tão presentes no nosso cotidiano, as mulheres que foram importantes para o Brasil são a minoria entre essas homenagens.

Uma campanha em São Paulo chama a atenção para este dado: apenas 16% das ruas representam figuras femininas ilustres, segundo pesquisa feita pela empresa ProScore.

A ação é do jornal O Estado de S.Paulo com a agência FCB Brasil e convoca o público para votar entre mais de 50 sugestões de nomes femininos que poderiam ser homenageados. Os interessados também podem sugerir outros nomes para as ruas da cidade.

O intuito da campanha é incentivar a mudança dos 16%. O resultado dos votos e colaborações será entregue como um livro de sugestões para a Câmara dos Vereadores de São Paulo.

Entre as propostas, há figuras femininas que fizeram história na cultura, nos esportes e, entre outras categorias, na ciência brasileira.

As sugestões que recebem votos são a física Neusa Amato, a bióloga Berta Lange, Sonja Ashauer, também física, e a agrônoma Johanna Döbereiner – de quem o Oxigênio já falou no programa 28.

Para conhecer a proposta, saber o que fizeram essas mulheres e participar da campanha, que vai até o dia 25 de fevereiro, acesse 16porcento.com.br.

E aí onde você mora? Quais são os nomes das ruas da cidade que lembram mulheres importantes? Há cientistas entre eles?

Produção de Patricia Santos e locução de Simone Pallone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *