#58 Temático: Seria esse o fim?

Bolsas de pesquisa em risco de serem cortadas. Universidades e institutos de pesquisa com as contas no vermelho. Problemas estruturais nos prédios de instituições públicas de pesquisa. Mais recentemente (depois da gravação do programa), o museu mais antigo do país foi engolido por descaso e chamas.

O Brasil passa por uma das piores crises da nossa história política e econômica recente. No Temático #58, tratamos um pouco do fato de que, para sair dessa crise, nossas autoridades estão indo na contramão ao cortarem investimentos justamente na educação e na pesquisa, que já se mostraram excelentes motores para o crescimento e a retomada de outros países em crise no passado. Na resistência contra essas decisões destrutivas, a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) comemora seus 70 anos, fazendo o que sempre fizeram de melhor: defendendo a pesquisa e o ensino brasileiros. E nós estivemos lá no dia do evento, quando também foi organizada uma Marcha Pela Ciência na Avenida Paulista.

Nesta edição do Oxigênio, conversamos com o professor Ildeu de Castro, atual presidente da SBPC, além da professora Roseli Lopes, tesoureira da instituição, que nos contaram um pouco a respeito dessa trajetória de décadas, e deram seus pontos de vista a respeito da importância da pesquisa para um país como o Brasil. Também conversamos um pouco a respeito de ciência e atuação política com o biólogo e divulgador de ciência Luciano Queiroz, do Dragões de Garagem e com o professor do Departamento de Genética e Biologia Evolutiva da USP, Walter Neves, que também é candidato a Deputado Federal pelo PPL.

Este programa é dedicado à SBPC e ao Museu Nacional e sua equipe, e foi apresentado por Bruno Moraes e Alessandra Marimon, e contando com a colaboração de Allison Almeida, Carla Lopes, Gustavo Campos, Sophia La Banca de Oliveira e nossa coordenadora, Simone Pallone de Figueiredo. Os trabalhos técnicos foram feitos por Octávio Augusto, da Rádio Unicamp.

Depois de ouvir, deixe um comentário contando para a gente o que achou do episódio. Você pode mandar sugestões também pelo Twitter (@oxigenio_news), Instagram (@oxigeniopodcast) e Facebook (/oxigenionoticias). Se preferir, mande um e-mail para oxigenionoticias@gmail.com.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *