#43 – Giro de notícias: terapia gênica, mulheres pré-históricas, relatório do Banco Mundial e indígenas nas universidades.

O Oxigênio #43 inaugura o formato giro de notícias da nova fase do programa. Para quem não está sabendo, o Oxigênio tem agora dois formatos que vão ao ar quinzenalmente: um programa temático, com entrevistas e comentários sobre um mesmo assunto, e um giro de notícias, em que são discutidos os tópicos mais recentes e empolgantes sobre ciência, tecnologia e cultura.

No programa #43, começamos falando sobre terapias gênicas que estão revolucionando o tratamento de doenças (https://goo.gl/cizAGg) e, ao mesmo tempo, os riscos e desafios éticos envolvidos na manipulação genética humana. Depois, conversamos sobre uma pesquisa que comparou a ossatura de mulheres pré-históricas com a de remadoras profissionais da atualidade (https://goo.gl/oPZmD3). Em seguida, partimos para uma questão polêmica sobre a cobrança de matrícula em universidades públicas no Brasil e as possíveis consequências dessa taxação (https://goo.gl/UEhv9p). Por fim, falamos sobre a importância do Vestibular Indígena que será implementado na Unicamp.

Participaram do Oxigênio #43 a Beatriz Guimarães, a Sarah Lima, a Simone Pallone e o Valério Paiva. A discussão está muito interessante e, se fosse você, corria logo para saber mais sobre esse giro. E claro, depois de ouvir, mande suas sugestões e comentários. Nós estamos no Twitter (@oxigenio_news), Instagram (@oxigeniopodcast) e Facebook (/oxigenionoticias). Se preferir, mande um e-mail para oxigenionoticias@gmail.com!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *