A Espiral da Morte: mudanças climáticas sob análise

“Antigamente, se perdêssemos muito gelo no verão, uma sequência de invernos frios seria capaz de repô-lo. Mas hoje não fica frio mais, então essa reposição está mais difícil. Muitas coisas conspiram para levar o gelo marinho embora. Há alguns anos eu criei essa metáfora de ‘espiral da morte’. Acho que ela ainda é adequada.” Assim disse o cientista americano Mark Serreze ao jornalista Claudio Angelo. … Continuar lendo A Espiral da Morte: mudanças climáticas sob análise